"Disciplina orçamental não é tão sexy como despesa"

Depois de um discurso onde explorou a origem dos problemas da economia nacional, assente em dívida e despesa "durante décadas", a ministra das Finanças afirmou que "a disciplina orçamental não é tão sexy ou atrativa como a despesa".

Questionada no último dia do The Lisbon Summit, Maria Luís Albuquerque sublinhou ainda tentação que existe em assentar o futuro em dívida, que só será paga anos depois.

"Indisciplina orçamental significa que o Estado gasta mais do que produz tendo de contrair dívida para pagar a despesa a que se propõe", assegurou a ministra.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG