DEO sem estratégia para o pós-2015

Relatório critica foco imediato do documento do governo. E pede estratégia fundamentada

No relatório em que analisa o Documento de Estratégia Orçamental 2014-2018, o Conselho de Finanças Públicas é claro: o DEO foi desenhado para cobrir as necessidades orçamentais imediatas para este e para o próximo ano, mas falha na concepção de uma estratégia de longo prazo que garanta sustentabilidade e crescimento à economia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG