Corte de 3,5% nas pensões é para manter em 2014

Depois de não ter conseguido avançar com uma taxa de sustentabilidade, a TSU dos pensionistas, o Executivo prepara-se para manter a Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) por mais um ano.

Fontes do Executivo contactadas pela TSF garantem que as indicações são para manter esta contribuição, ressalvando que o Orçamento do Estado para 2014 ainda não está fechado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG