Comboio rápido de mercadorias para Madrid só em 2020

Em 2020, Portugal deverá estar ligado à Europa por via de uma rede de caminho de ferro em bitola europeia. O projeto para ligar Sines-Poceirão-Évora-Caia, que consta do Plano Estratégico de Transportes 2011-2015, está em fase adiantada de estudo pela Refer, sabe o Dinheiro Vivo. E a intenção é a de que seja ainda este Governo a lançar o investimento, que fará parte do próximo Quadro Comunitário de Apoio da União Europeia, em vigor até 2020. A sua inclusão nos fundos CEF (Connecting Europe Facility), os sucessores, a partir do próximo ano, dos atuais apoios às Redes Transeuropeias de Transportes, começa hoje a ser negociada no âmbito da discussão do orçamento da UE para 2014-2020.

Quanto ao investimento, o Governo não abre para já o jogo sobre os valores em causa, designadamente porque há vários cenários possíveis. Certo é que, sendo uma linha a partir de Sines, não será necessária a construção de nova ponte sobre o Tejo, uma das parcelas mais caras no anterior projeto de TGV. Em estudo está a possibilidade de aproveitamento de linhas já existentes, designadamente até Évora. Daí em diante, até Espanha, será tudo novo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG