Com pacto orçamental Portugal começa a sair da crise

A vice-presidente da Comissão Europeia Viviane Reding considerou hoje que a ratificação do pacto orçamental é uma forma de Portugal "declarar independência dos mercados" e dar o primeiro passo na "vida após a crise da dívida".

Na sua intervenção numa sessão conjunta das comissões parlamentares de Assuntos Constitucionais, Direitos e Liberdades e de Assuntos Europeus, a comissária da Justiça, Direitos Fundamentais e Cidadania agradeceu a Portugal por ser "o primeiro país europeu a ratificar o pacto orçamental".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG