CGTP acusa Cavaco de não defender Constituição

O secretário-geral da CGTP vai solicitar esta quinta-feira "reuniões urgentes" aos vários agrupamentos parlamentares, reclamando a fiscalização sucessiva do Orçamento do Estado de 2014, enquanto acusa o Presidente da República de não defender a Constituição.

O líder da intersindical reagia desta forma à mensagem de Ano Novo do Presidente da República, em que Cavaco Silva não esclareceu se pedirá ao Tribunal Constitucional a fiscalização sucessiva do Orçamento do Estado de 2014.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG