CCP quer atualização do salário mínimo apenas em 2015

O presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes, defende que a atualização do salário mínimo nacional para os 500 euros deve ser feita a partir de janeiro de 2015.

O responsável falava no final de uma reunião com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que recebe esta quarta-feira os parceiros sociais no âmbito da conclusão do Programa de Assistência Financeira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG