Bruxelas vai introduzir quotas para mulheres nas administrações

A Comissão Europeia está a planear introduzir quotas para aumentar a proporção de mulheres nos cargos de direcção, desencadeando assim uma batalha entre Bruxelas e os governos nacionais.

A Comissária de Justiça, Viviane Reding, vai anunciar hoje os primeiros passos para uma legislação a nível europeu, um ano após ter ameaçado avançar com medidas mais duras se nenhum progresso fosse alcançado para promover a igualdade de géneros no mundo dos negócios.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG