Banco de Portugal justifica contratação polémica

Numa nota enviada às redações, o regulador sublinha que a contratação de qualquer serviço de assessoria externa, é a decisão "mais racional" nos projetos limitados no tempo.

A instituição liderada por Carlos Costa diz que a TC Capital, empresa unipessoal contratada por ajuste direto, tem "especial qualificação no aconselhamento financeiro em processos de fusões e aquisições".

Numa nota enviada às redações, o regulador sublinha que a contratação de qualquer serviço de assessoria externa, é a decisão "mais racional" nos projetos limitados no tempo, como é o da venda do Novo Banco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG