Aumento da idade da reforma vai evitar corte nas pensões

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social disse hoje que, em 2014, será necessário ter 66 anos de idade para aceder à reforma sem penalização. Pedro Mota Soares esclareceu ainda que, a este aumento da idade da reforma, não acresce o efeito do fator de sustentabilidade.

"A penalização pelo fator de sustentabilidade é a própria subida da idade da reforma", disse o ministro, acentuando que hoje (2013), para que uma pessoa aceda à reforma por inteiro, tem de trabalhar mais 6 meses além dos 65 anos para anular o fator de sustentabilidade. Em 2014, esta anulação será feita com a subida da reforma para os 66 anos de idade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG