Impasse sobre o défice continua nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje em conferência de imprensa que vai continuar a pressionar os líderes do Congresso, para obter o "maior acordo possível" num plano de corte de défice.De acordo com a Bloomberg, as conversações entre a Casa Branca e os líderes democrata e republicano do Congresso, vão ser retomadas hoje, de forma a conseguir um acordo para reduzir o défice e aumentar para 10 biliões de euros, o limite da dívida.O presidente norte-americano, disse que não vai assinar extensões de curto prazo porque isso "não é uma abordagem aceitável" e apelidou de "irresponsáveis", os políticos que rejeitam o aumento do limite da dívida.

Leia mais em Dinheiro Vivo, a sua nova marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG