Dezenas de pessoas no Porto contra a austeridade

Largas dezenas de pessoas reuniram-se hoje na Praça dos Leões, no Porto, para cantar o tema "Acordai", de José Gomes Ferreira, numa iniciativa organizada através das redes sociais.

O tema, já cantado um pouco por todo o país em diversas manifestações contra as medidas de austeridade, foi escolhido pela organizadora da iniciativa, Ana Maria Pinto, pelo seu cariz de "apelo à consciência e à sensibilização".

"A mensagem [da canção] é precisamente chamar as pessoas à rua para se mostrarem indignadas, para dizerem também que este povo merece respeito e que o que nos está a acontecer não é justo", disse à Lusa a organizadora, que é cantora lírica de profissão.

Para Joaquim Monteiro, comerciante de 58 anos, "esta música é importante porque está tudo a correr muito mal pelo país e as pessoas sentem-se muito sacrificadas com as posições que o Governo está a tomar".

"É preciso que as pessoas se unam e esta música é adequada para isso", disse à Lusa.

Também para Anabela Carvalho, professora reformada, "esta letra é significativa porque parece que só alguns estão acordados para o que se está a passar no nosso país".

"Como reformada, não tenho capacidade de luta doutra maneira", explicou, "não posso fazer greves, não posso fazer nada e estamos todos a ser muito prejudicados por este Governo e por estas medidas da 'troika'".

Pelas 20h00 já estavam cerca de uma centena de pessoas na Praça dos Leões em pleno ensaio da música que cantariam em marcha pela Praça da Cordoaria, para depois descer pelos Clérigos até à Praça D. João I, terminando o coro em frente à Câmara Municipal do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG