Desemprego em Portugal sobe para os 17,7%

A taxa de desemprego subiu em Portugal para os 17,7% no primeiro trimestre, face aos 16,9% observados no trimestre anterior, com o número de desempregados em Portugal a ultrapassar os 950 mil, divulgou hoje o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego aumentou, assim, em termos trimestrais 0,8 pontos percentuais e 2,8 pontos percentuais face ao período homólogo.

Os números observados no final do primeiro trimestre atingem níveis absolutamente históricos, num contexto de subidas da taxa de desemprego em Portugal desde o segundo trimestre de 2008, altura em que se situava nos 7,3%, o equivalente a 409,9 mil desempregados.

De acordo com o INE, o aumento da população desempregada no primeiro trimestre ocorreu essencialmente nos homens, na faixa etária de 45 e mais anos, pessoas com nível de escolaridade completo correspondente ao ensino básico, à procura de um novo emprego (com origem no setor dos serviços) e à procura de emprego há 12 e mais meses.

A taxa de desemprego dos homens (18,8%) excedeu a das mulheres (17,5%), com ambas a aumentarem quer em relação ao trimestre homólogo, quer em relação ao trimestre anterior.

Ainda de acordo com os dados do INE, a população empregada em março era de 4,443 milhões de pessoas, o que representa uma diminuição homóloga de 4,9% (menos 229,3 mil pessoas) e trimestral de 2,2% (menos 98,6 mil pessoas).

Exclusivos