Desconvocada greve na TAP

A greve dos tripulantes de cabina da TAP, marcada para Junho e Julho, foi desconvocada devido a um entendimento alcançado entre sindicato do setor e empresa, anunciou hoje fonte sindical.

A paralisação, de dez dias, convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil, estava marcada para 18, 19, 20, 25 e 26 de junho e para 01, 08, 15, 22 e 29 de julho.

Em declarações à Agência Lusa, Ricardo Andrade, dirigente do sindicato, disse que vai ser retirado o pré-aviso de greve, depois de a estrutura e a TAP terem chegado a um entendimento, com a mediação do Ministério do Trabalho.

Adiantou ainda que a retirada do pré-aviso foi hoje aprovada pelos associados do sindicato reunidos em assembleia-geral.

De acordo com Ricardo Andrade, o memorando de entendimento consagra a "melhoria dos descansos dos tripulantes", pretendida pelo sindicato, e a redução de um tripulante nos voos, anunciada pela transportadora, mas contestada inicialmente por sindicato.

O dirigente sindical acrescentou, sem precisar prazos, que "nos próximos dias" a TAP e o Sindicato do Pessoal de Voo da Aviação Civil vão assinar, nos termos do memorando, "um regime transitório", prévio à renegociação do Acordo de Empresa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG