01 setembro 2011 às 14h01

Corte na despesa será "o maior de que há memória" em 50 anos

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho refutou hoje em Berlim a ideia de que o Governo está sobretudo a aumentar a receita em vez de cortar na despesa, afirmando que 2012 assistirá à maior redução dos últimos 50 anos.

/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa
/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa