CGTP acusa Paulo Portas de "ilusionismo"

A CGTP manifestou hoje "repúdio" pelo que diz ser "uma encenação" do Governo no que refere a novos cortes na despesa do Estado, nomeadamente nas pensões de reforma, acusando ainda o ministro Paulo Portas de "ilusionismo" sobre a matéria.

"A pretexto de uma hipotética sensibilidade social (...), o ilusionismo de Paulo Portas ficou mais uma vez expresso quando veio rejeitar o imposto sobre as pensões e a guetização dos pensionistas, para depois subscrever essa mesma medida", declarou o secretário-geral da central sindical, Arménio Carlos, em conferência de imprensa na sede da CGTP, em Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG