BPI poupa 22 milhões com saída de 470 funcionários

O banco revelou hoje, quarta-feira, que desde 2008 e até ao final do ano passado houve uma redução do número de funcionários qe permitiu reduzir os custos com pessoal. O  BPI espera que em 2011 aconteça o mesmo.

"Esta redução deve-se à diferença entre entradas e saídas, bem como às reformas antecipadas negociadas pelo banco com várias pessoas", realçou o presidente do banco, Fernando Ulrich.

Segundo o gestor, "é natural que em 2011 esta situação se desenvolva e que o número de efectivos na actividade doméstica seja inferior no final do ano".

Paralelamente, a diminuição em 58 por cento das remunerações variáveis decidida em 2008 e que se manteve nos dois últimos anos representou uma poupança de 32 milhões de euros para o banco.

Assim, os custos com pessoal desceram 15 por cento face a 2007, num total de 54 milhões de euros.

Em 2011 está prevista a reforma antecipada de 65 colaboradores, cujos processos representaram um custo de 13 milhões de euros no ano passado. Mas a redução do quadro de funcionários deverá ser superior, como frisou Ulrich.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG