BCE dá as boas-vindas à Letónia pela sua "merecida entrada"

O Banco Central Europeu (BCE) deu hoje as boas-vindas à Letónia como décimo oitavo país da União Europeia (UE) que vai adotar o euro como moeda, uma entrada "merecida" depois das medidas aplicadas para combater a crise.

"O BCE congratula-se pela nova ampliação da zona euro", apontou o presidente da instituição, Mario Draghi, num comunicado divulgado hoje, em Frankfurt.

A Letónia "ganhou o seu posto" no conjunto de países com moeda única e merece ser "parte integral" da união monetária da UE, refere o texto.

A república báltica entrou oficialmente hoje na zona euro, com mensagens de apoio das instituições da União Europeia e entre os receios que o estónios têm desta entrada.

Na sua mensagem de felicitação, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, qualificou a entrada de "acontecimento" tanto para o novo Estado-membro como a própria zona euro.

Barroso recordou que as medidas tomadas pelo país para fazer frente à crise e disse que a entrada na zona euro é resultado dos "impressionantes esforços e da firme determinação das autoridades e do povo da Letónia".

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.