Balões lançados no Rossio por um trabalho digno

Cerca de duas dezenas de pessoas estiveram hoje à tarde concentradas no Rossio, em Lisboa, para lançarem balões a apelar por condições dignas de trabalho, uma ação promovida pela central sindical UGT.

"Por um trabalho digno", era a mensagem que levavam os cerca de 60 balões encarnados lançados hoje por um grupo de pessoas que se reuniu numa iniciativa da UGT, no âmbito das comemorações da Jornada Mundial do Trabalho Digno, que hoje se realizam.

"Estamos aqui pelo direito de todos os trabalhadores terem condições de trabalho adequadas, a terem um emprego digno, e digno significa com uma remuneração justa, proteção social, sem precariedade, um trabalho que garanta às pessoas uma vida digna, uma vida com direitos", afirmou à agência Lusa o líder da UGT, João Proença.

O sindicalista lembrou que a "profunda crise" que se vive em Portugal obriga a cada vez mais ações que "digam às pessoas que vale a pena lutar pelos seus direitos".

"É fundamental lutar pelo emprego, mas também rejeitar aquilo que às vezes o Governo e alguns empregadores defendem, que é um emprego sem um salário justo", sustentou.

Entre as cerca de 20 pessoas que se juntaram à iniciativa de largada de balões, estavam Jorge e Bruno, ambos empregados, mas que reconhecem as dificuldades que muitos jovens, como eles, atravessam.

"Os tempos em que vivemos obrigam-nos a lutar por um trabalho, mas mais do que isso, por um trabalho que seja digno", afirmou Bruno, de 32 anos.

Também Jorge, de 27 anos, sublinhou que a geração mais jovem deve unir-se e lutar pelos seus direitos.

"É preciso mostrar que estamos todos juntos e é em iniciativas simbólicas como esta que isso pode ser feito", disse.

A Jornada Mundial pelo Trabalho Digno foi no domingo, mas hoje é que foi assinalada a data com diversas ações de rua, subordinadas aos lemas "Por Melhores Dias de Trabalho" e "Empregos Para Jovens".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG