"Aumento é um atentado", diz Marcos Perestrello

O líder da Federação da Área Urbana de Lisboa do PS, Marcos Perestrello, considera que a medida do Governo que aumenta os transportes públicos em 15% representa "um atentado" à mobilidade.

Em declarações à agência Lusa, Marcos Perestrello, ex-secretário de Estado da Defesa e actualmente deputado do PS, dramatizou as consequências do aumento dos custos dos transportes públicos na área da Grande Lisboa. "Considero que este aumento constitui um atentado à mobilidade na Área Urbana de Lisboa", disse.

Ainda de acordo com este dirigente socialista, o aumento dos preços nos transportes públicos "representa um retrocesso grave, porque penaliza a utilização dos transportes públicos por parte dos cidadãos e é uma medida que contraria o esforço nesta área de todos os autarcas da área metropolitana de Lisboa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG