Arranha-céus londrino à venda

O arranha-céus "The Gherkin" ("O Pepino", em português), um dos mais emblemáticos edifícios da capital inglesa de Londres, está à venda por 640 milhões de libras (cerca de 809 milhões de euros), anunciou hoje a agência imobiliária Savills.

Em 2007, a Swiss Reinsurance, segunda maior resseguradora mundial, vendeu o edifício em forma de ogiva à sociedade alemã IVG Immobilien e à firma Evans Randall por 600 milhões de libras (758 milhões de euros). Contudo, a IVG viu-se fortemente abalada pela crise financeira, manifestando grandes dificuldades em pagar aos seus credores.

O edifício do arquiteto britânico Norman Foster ficou agora à venda, depois de a IVG declarar insolvência em 2013 e após, em abril deste ano, o edifício ter sido posto sob administração judicial. Embora a firma co-proprietária Evans Randall tenha demonstrado intenções de adquirir uma parte maior do efifício, as duas partes não conseguiram chegar a acordo.

De nome oficial "30 St Mary Axe", as portas do "Gherkin" abriam-se pela primeira vez em 2004, revelando um edifício de 180 metros de altura, 41 andares e cerca de 47 mil metros quadrados de escritórios, a que acrescem ainda um bar e um restaurante.

Hoje, Stephen Down, o diretor da Savillis em Londres que, com a Deloitte Real Estate, está encarregue da venda do edifício, dizia à estação britânica BBC que o espera ver vendido até ao mês de setembro ou início de outubro. Down adianta ainda que contar com o interesse de investidores chineses, norte-americanos e de Singapura, entre outros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG