Air France prevê supressão de 2 mil postos em 2012

A Air France prevê suprimir dois mil postos de trabalho em 2012 através da não substituição de trabalhadores que saiam da empresa, no âmbito do plano de poupanças de 800 milhões de euros em três anos, adianta a imprensa.

"Dois mil empregos suprimidos na Air France em 2012. Esta é, segundo várias fontes, a redução de efectivos, hoje prevista pela companhia tricolor, com o congelamento das contratações", noticia o jornal francês "La Tribune" que será publicado hoje, citado pela AFP.

"O congelamento das contratações, que desta vez abrange todas as categorias de pessoal, é uma das medidas do plano de poupanças que será apresentado ao conselho de administração a 11 de Janeiro", refere o jornal económico.

O programa inclui ainda o congelamento de salários e promoções, bem como "uma forte redução dos investimentos, sobretudo informáticos" e menos recepções de aviões em 2013, noticia o título.

"A frequência dos voos mais deficitários será diminuída", avança o jornal, acrescentando que "para não afectar a rede da companhia, um dos seus melhores activos, apenas uma ou duas linhas serão fechadas".

O jornal afirma também que um segundo plano será apresentado entre maio e Junho de 2012 para vigorar no próximo verão. Este plano foca-se "de forma estrutural na actividade de curto e médio curso da Air France, que vai perder este ano quase 600 milhões de euros".

Questionada pela AFP, a Air France não quis comentar estas informações. O grupo tinha já lançado um plano, a que chamou 'Challenge 2012, que permitiu poupanças de 595 milhões de euros no exercício de 2010/2011, encerrado no final de Março. Em dois anos, a empresa reduziu o pessoal efectivo em dez por cento, disse um porta-voz em Setembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG