Vamos pagar mais 400 milhões pelas estradas em 2014

Os portugueses vão pagar este ano mais 400 milhões de euros pelas estradas. Chegou a hora de liquidar a fatura das subconcessões lançadas há cinco anos e quem consome combustíveis já sente o efeito.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "os encargos dos contribuintes com a Estradas de Portugal (EP) baixaram de 408 para 275 milhões de euros no ano passado, o valor mais baixo de sempre a ser inscrito no Orçamento do Estado. Contudo, no próximo ano voltam a crescer 400 milhões de euros, atirando para quase 700 milhões de euros o total a pagar à empresa. "Em 2014, vamos ter mais despesa e não a conseguimos pagar só com as receitas de portagem e com a Contribuição de Serviço Rodoviário (CSR), mesmo estando ambas a crescer. Por isso, ou vamos ter de ser muito criativos ou vamos ter de ir buscar mais dinheiro ao Orçamento do Estado, ou seja, aos contribuintes", disse ao jornal o presidente da empresa, António Ramalho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG