Universidades admitem reduzir docentes e "cadeiras"

Se a proposta de Orçamento do Estado para 2013 for aprovada tal como está, as instituições do ensino superior dizem que serão obrigadas a fazer mais cortes.

O "Público" escreve que se a proposta de Orçamento do Estado para 2013 for aprovada tal como está, as instituições do ensino superior serão obrigadas não só a reduzir os encargos de funcionamento como também a cortar no corpo docente, nomeadamente através da não renovação dos contratos dos professores convidados, e, consequentemente, o número de "cadeiras".

Os presidentes do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, António Rendas, e do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, Sobrinho Teixeira, manifestaram esperança de que a situação ainda venha a ser resolvida em sede parlamentar, mas avisam desde já que se isso não vier a acontecer, o funcionamento das instituições será seriamente afetado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG