"Têm de me dar o direito de chorar", diz Judite de Sousa

A jornalista perdeu o filho, André Bessa, de 29 anos, há dois meses, e dá agora a primeira entrevista à revista 'Sábado'."Ainda não desistir de viver", afirmou.

Judite de Sousa voltou ao ecrã da TVI há meia dúzia de dias com uma entrevista a Cristiano Ronaldo onde revelou a sua fragilidade. Aos 53 anos, e na única entrevista que concedeu após o acidente, publicada hoje na revista 'Sábado', diz que precisa de trabalhar para sobreviver. Era isso ou entregar-se a uma depressão profunda.

A jornalista reagiu e vai lançar um livro com as fotografias de André e uma seleção de centenas de cartas que recebeu de pais que também perderam filhos. As receitas irão para associações de apoio ao luto. Em três horas de conversa com a jornalista Dulce Garcia, "chorou (muito), sorriu (pouco) e não se esquivou a uma só pergunta", segundo a revista.

"As pessoas têm de ter força para seguir com a vida. Quais são as alternativas? Depressões profundas", afirma Judite de Sousa. "Têm de me dar o direito de chorar", acrescentou

.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG