Seis escutas com Passos em processo-crime

Investigação da "Operação Monte Branco" intercetou seis conversas entre o primeiro-ministro e o presidente executivo do BESI, José Maria Ricciardi.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho foi apanhado em seis escutas telefónicas, no âmbito da "Operação Monte Branco", que envolvem conversas com o presidente executivo do BES Investimento (BESI), José MAria Ricciardi, sobre a privatização da EDP e da REN".

Segundo o jornal, "as seis interceções telefónicas são confirmadas num despacho de acusação por violação do segredo de justiça contra jornalistas do Correio da Manhã, Expresso e Diário de Notícias. Até aqui, era apenas público o conteúdo de dois telefonemas entre Passos Coelho e Ricciardi, conversas confirmadas pelo próprio banqueiro em entrevista à TVI. A acusação vem agora revelar que foram apanhadas pela investigação seis conversas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG