"Se votar Menezes, Porto dá prémio ao Governo PSD"

Manuel Pizarro é o candidato socialista à Câmara do Porto e, embora recuse encarar Menezes, para já, como seu adversário, não deixa de atacar o candidato do PSD.

Em entrevista ao "Jornal de Notícias", Manuel Pizarro, candidato do PS à Câmara do Porto, afirma que quer uma frente de esquerda no combate eleitoral. Para já, recusa encarar Menezes como seu adversário, certo que o autarca ainda terá de fazer "o caminho das pedras".

Numa "farpa" a Menezes, Manuel Pizarro diz que o Porto não pode ser "uma segunda escolha" e que, "pela primeira vez em muitos anos", o PS está totalmente unido em torno da sua candidatura.

Em relação a Luís Filipe Menezes afirma que "tem vontade de ser candidato, mas ainda não está indicado pelo partido".

"Se Menezes for candidato ao Porto, a principal razão é porque não pode ser em Gaia. Há aqui qualquer coisa errada..."

A candidatura de Menezes ao Porto "é uma forma ardilosa de tentar escapar à limitação de mandatos".

"As pessoas já tomaram consciência de que este Governo é uma desgraça. O orçamento para 2013 é um erro económico, um crime do ponto de vista social e não susceptível de ser executado".

"Se votar Menezes, o Porto dá está a dar um prémio ao Governo do PSD".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG