"Se houver uma conspiração política os mercados cedem"

A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, considera que o sistema económico tem que mudar e defende o regresso da política ao comando dos destinos da Europa.

Em entrevista ao "Público" Assunção Esteves, presidente da Assembleia da República, defende que a política perdeu peso em relação ao poder económico, propondo a unificação de políticas na Europa. Acredita que o capitalismo será obrigado a reformar-se e pugna pelo regresso da política ao comando da sociedade e da economia. Como presidente da AR quer dignificar os deputados.

Assunção Esteves fala das soluções para a crise, que passam por um aprofundamento da Europa e pelo federalismo, com políticas sociais, penais, indústrias unas e um Governo económico europeu. Defende um regresso da política ao comando dos destinos da Europa e garante que o sistema económico tem que mudar. "A política esqueceu-se que tem o poder programante e abdicou dele. Nós nteriorizamos a ideia de que a política não tem o papel de liderança dos mercados, mas se houver uma conspiração da política , os mercados cedem", diz.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG