Santander e BPI vão fechar 71 balcões em portugal

A redução da rede de agências surge numa altura em que o sector se vê afectado por uma forte crise de liquidez.

O "Diário Económico" escreve que o BPI vai fechar 47 balcões até ao fim do primeiro semestre, avançou ao jornal fonte da administração do banco. Esta redução da rede de agências surge numa altura em que o sector se vê afectado por uma forte crise de liquidez, que tem deixado as instituições financeiras numa situação delicada.

Uma das exigências do Banco de Portugal é que os bancos, para fazer face ao fecho dos mercados como fonte de financiamento, procedam a uma drástica redução da alavancagem.

O BPI é quem faz a redução mais drástica mas não é o único. No caso do Santander Totta, o banco anunciou que vai encerrar, a partir de Abril, 24 balcões no Porto e em Lisboa. A justificação é que o grupo está a recionalizar a rede.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.