Salários do Estado até mil euros caem em 2015

Antes de o salário eventualmente subir, ainda vai descer. O efeito do aumento dos descontos para a ADSE e para a CGA anula, por si só, as "reposições" de cortes em 2015 até aos 1.060 euros.

O "Jornal de Negócios" escreve hoje que "o Governo anunciou a reposição de 20% dos cortes salariais da Função Pública em 2015. Porém, o agravamento dos descontos para a CGA e para a ADSE podem anular e superar esta compensação. É o que acontece aos funcionários com salários inferiores a mil euros, que terão de contar, em janeiro de 2015, com um rendimento mais baixo do que o atual. A cláusula de salvaguarda anunciada pelo Governo não se aplica neste caso".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG