RTP quer cortar 21 milhões nas despesas com pessoal

Miguel Relvas, ministro com a tutela da televisão pública, explica hoje o plano de reestruturação da RTP. Gastos com pessoal vão descer 28%.

O "Diário Económico" escreve na sua edição de hoje que "o Plano de Desenvolvimento e Redimensionamento (PDR) da RTP, que o ministro Miguel Relvas apresenta hoje no Parlamento, prevÊ um corte de 28% nas despesas com pessoal até ao final de 2014. O objectivo é reduzir os encargos com pessoal dos actuais cerca de 76 milhões de euros para 55 milhões de euros".

Segundo o jornal, "a administrção da RTP não fixa qualquer objectivo de redução do número de trabalhadores. As metas de corte de despesa com pessoal - e que têm implícita o fim da indemnização compensatória já em 2014 - passarão, necessariamente, por rescisões e reduções salariais amigáveis".