Reforma do IRC sobe lucros das cotadas até 15%

Estudo do BPI estima que a redução do IRC para 19% pode aumentar, em média, os lucros das empresas da Bolsa em 9% nos próximos anos. Há casos em que o efeito nas contas chega aos 15%, escreve o 'Jornal de Negócios'.

A redução da taxa do IRC até aos 19% pode aumentar os lucros das empresas da Bolsa de Lisboa até 15% em 2018, conclui um estudo elaborado pelo BPI ao qual o 'Jornal de Negócios' tece acesso. A medida reforça também o valor em bolsa das cotadas.

Ibersol, Semapa, Portugal Telecom, Altri e EDP são as mais beneficiadas, com aumentos de dois dígitos no crescimento dos lucros. No fim da lista estão Galp, EDP Renováveis e Jerónimo Martins, com um aumeno na avaliação de apenas 1%, segundo o estudo do BPI.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG