Reclamações no SNS aumentaram 56% no ano passado

Os utentes de serviços privados e do sector social reclamaram 12 vezes mais mas, ao contrário do que se passa no público, queixas estabilizam.

O "jornal i" escreve hoje que "no ano passado as reclamações nos serviços de saúde públicos dispararam 56% para um total inédito de 638. No SNS dominam queixas relacionadas com a qualidade da assistência nos cuidados de saúde, área que soma 35,4% das reclamações. Seguem-se as queixas relacionadas com acesso (20,5%) e reclamações sobre atendimento a nível administrativo. Já no sector privado, o motivo de insatisfação mais frequante são as questões administrativas (25,6%) mas em segundo lugar aparecem os tempos de espera, com 22,9% das reclamações. No público a espera motiva só 6% das queixas".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG