Prestação da casa sofre maior aumento em três anos

A subida das taxas de juro vai agravar o crédito à habitação dos contratos revistos em Maio. A prestação pode subir até cerca de 50 euros.

De acordo com o "Diário Económico", trata-se da maior penalização desde Agosto de 2008. Quem for renegociar a prestação no próximo mês, e tem como indexante a taxa Euribor a três meses, passa a pagar 625 euros/mês, mais 17 euros face à última revisão. No último ano a prestação já subiu 38 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG