Portugal perde 131 mil jovens

Queda da natalidade, aumento da emigração e saída de estrangeiros do país explicam o recuo demográfico. Grupo etário mais afetado é o dos 25-34 anos.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "a população portuguesa com menos de 35 anos registou uma quebra de 131 mil pessoas só no último ano. Os dados de março, tendo por comparação os últimos 12 meses, indicam uma redução mais significativa na faixa etária dos 25 aos 34 anos. No grupo etário com menos de 15 anos, a descida foi de 33 mil. Dos 15 aos 24 anos, a perda representa 31 mil jovens. Portugal é cada vez mais um país envelhecido. A população com mais de 65 anos cresceu em 21 mil pessoas. Entre os 35 anos e os 64, a subida foi de 25 mil. No somatório dos diferentes grupos etários, Portugal perdeu 85 mil pessoas".

Segundo o jornal, "o recuo demográfico é explicado por um menor número de nascimentos, uma subida da emigração e a baixa no número de estrangeiros que vivem emPortugal. Nos primeiros quatro meses do ano, houve menos 3961 registos de recém-nascidos, segundo dados do Instituto de Registos e Notariado".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG