Polícias dormem como sem-abrigo

Camas foram retiradas da esquadra de Aldoar e os agentes dormem agora como podem: no chão, em cima de cartões ou em sacos-camas.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "foi com surpresa e revolta que os cerca de 50 agentes da 16ª Esquadra da PSP do Porto viram as seis camas que usavam para descansar serem, anteontem, retiradas para abate por ordem superior. Agora, são forçados a dormir no chão, em cima de cartões. Para piorar ainda mais as coisas, os polícias temem que a nova esquadra da Vilarinha também não tenha camarata e camas".

Segundo o jornal, "as instalações da esquadra de Aldoar, na Rua do Pinheiro Manso, há muito que estão em mau estado, mas, até anteontem, os agentes ainda podiam contar com meia dúzia de camas para descansar no final do turno. Agora, nem isso têm. Sem qualquer conforto, os agentes dormem como podem: em cima de caixas de cartão e dentro de sacos-camas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG