Polícia Judiciária no rasto de luvas das PPP

Autoridades procuram dinheiro de comissões no estrangeiro e o pedido de levantamento do sigílo bancário já foi pedido pela PJ.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "a Polícia Judiciária está a investigar o pagamento de luvas a gestores públicos nas Parcerias Público-Privadas (PPP) rodoviárias e já foi pedido o levantamento do sigílo bancário dos intervenientes no processo. Foram entretanto detetadas contas no estrangeiro, o que pode atrasar a investigação. A PJ fica dependente da cooperação internacional para esclarecer um dos negócios mais ruinosos do Estado português".

Segundo o jornal, "o inquério, dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal originou buscas a políticos e gestores públicos, como Paulo Campos, antigo secretário de Estado, ou ainda Mário Lino, ex-ministro das Obras Públicas do governo de José Sócrates. Teixeira dos Santos, ex-ministro das Finanças, também já foi inquirido pela PJ".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG