Pedófilo regressa à cadeia

Pedro Inverno, antigo assessor da Câmara de Odivelas foi detido pela Polícia Judiciária, oito anos depois de ter sido solto, para cumprir pena de 10 anos por abusos.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "oito anos depois de ter sido condenado por dezenas de crimes de abusos sexuais, Pedro Inverno, de 52 anos, principal arguido do chamado processo do parque Eduardo VII, regressou ontem à cadeia para cumprir 10 anos".

Segundo o jornal, "inicialmente condenado a 19 anos, em 2006, o processo arrastou-se nos tribunais até 2011. O Tribunal da Relação reduziu a pena para 14 anos e o Supremo fixou-a em dez anos. Pedro Inverno tem ainda de pagar 75 mil euros a duas vítimas. Estão esgotadas todas as possibilidades de recurso".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG