Paulo Portas põe poupanças em banco Alemão

Vice-primeiro-ministro declarou ao Tribunal Constitucional ter 80 mil euros numa conta no Deutsche Bank.

O "Correio da Manhã" escreve na sua edição de hoje que "Paulo Portas tem uma parte das suas poupanças no Deutsche Bank. Em Portugal, este banco é uma sucursal protegida por lei alemã desde agosto de 2011, pouco mais de dois meses após o nosso país ter sido alvo da ajuda financeira externa da troika. As últimas declarações de rendimentos apresentados pelo atual vice-primeiro-ministro no Tribunal Constitucional revelam que Paulo Portas colocou no Deutsche Bank 80 mil euros após agosto de 2011, altura em que o risco financeiro de Portugal e dos bancos portugueses era um dos mais elevados do Mundo".

Segundo o jornal, "quando entregou as declarações de rendimentos relativas à cessação de funções de deputado e início do cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas declarou ter mais de 159 mil euros numa conta solidária no Banco Popular. Já na declaração de rendimentos apresentada em agosto deste ano, relativa ao início de funções como vice-primeiro-ministro, o governante referiu ter "80 mil euros em conta solidária no Deutsche Bank. O jornal perguntou ao assessor de imprensa de Paulo Portas (por mail e SMS) se o governante tinha colocado as suas poupanças num banco alemão por não ter confinaça nos bancos portugueses mas não obteve resposta".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG