Patrão da Lusófona chefia 36 empresas

Manuel de Almeida Damásio é o líder de muitas entidades que estão ligadas ao Grupo Lusófona, revelam documentos de atos registados no Ministério da JUstiça.

O "Correio da Manhã" escreve que Manuel de Almeida Damásio, presidente do conselho de administração do Grupo Lusófona, desempenhou, desde meados da década de 2000, os cargos de presidente e de gerente em 36 sociedades dos mais diversos setores de atividade. A presença de Damásio nos orgãos sociais de tantas entidades, entre empresas e cooperativas, indicia que o Grupo Lusófona seja o proprietário final dessas sociedades.

A sua filha Teresa, que foi deputada do PS na anterior legislatura, o seu filho Manuel José, o genro, Carlos Vieira, e a nora, Paula Alves, desempenham ou desempenharam também cargos nalgumas dessas entidades. A consulta dos documentos relativos a essas sociedades, através do Portal da Justiça, revela que Manuel de Almeida Damásio é o rosto principal da gestão de entidades que operam em setores tão diversos como o ensino, a saúde, os seguros, a agricultura, a produção animal, o turismo rural e a caça, o urbanismo, a formação profissional, a informática e o imobiliário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG