Pagar água fora do prazo vai custar o dobro

Esta medida é imposta com a entrada em vigor da lei do Orçamento do Estado de 2011.

De acordo com o jornal "Correio da Manhã", os consumidores que não paguem a água dentro do prazo vão passar a incorrer em processo de execução fiscal, pagando o dobro do valor da factura - até agora estavam sujeitos ao pagamento de juros de 1% ao mês.

Exemplo: se tiver uma factura de 7,57 euros, passa a pagar 18,42 euros se esta for paga fora do prazo, refere um estudo da Câmara de Lagos, no Algarve.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG