Ordem dos Advogados "absolve" Sá Fernandes

Apesar da Ordem dos Advogados ter arquivado o processo, ainda há três ações em tribunal.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "foi arquivado pelo Conselho de Deontologia de Lisboa da Ordem dos Advogados o processo movido pelo empresário Domingos Névoa contra Ricardo Sá Fernandes. O caso Bragaparques está, contudo, longe do fim: Sá Fernandes disse ao jornal que é alvo de três processos, em que Névoa lhe exige um total de 700 mil euros".

Segundo o jornal, "a Ordem dos Advogados decidiu pela "inexistência de qualquer infração disciplinar" de Sá Fernandes. É a segunda vez que o processo é arquivado. Neste processo estava em causa a alegada violação dos deveres deontológicos de Sá Fernandes por supostamente ter atuado como agente do Ministério Público para denunciar a alegada tentativa de corrupção do empresário. Domingos Névoa terá proposto a entrega de 200 mil euros a José Sá Fernandes, vereador da Câmara de Lisboa, para que este não impedisse a permuta com a Bragaparques dos terrenos do Parque Mayer pelos da Feira Popular".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG