Onda da Nazaré mata turistas à beira-mar

Uma mulher de 71 anos passeava junto ao mar quando foi puxada por um remoinho. O marido, de 64, foi socorrê-la mas também não voltou.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "o casal de turistas procurou uma tarde tranquila e refrescante, que acabou por se revelar trágica. Os dois franceses, dele de 64 anos, ela de 71, foram traídos pelas ondas da Nazaré, quando se encontravam à beira-mar. A Polícia Marítima agiu rápido, mas não conseguiu salvar as vítimas, que morreram afogadas. O casal estava a banhos na praia quando, por volta das 17.35 aconteceu a tragédia, na zona do areal entre a barca tradicional e o estandarte do peixe, numa área que nunca é vigiada, independentemente da altura do ano. O comandante dos bombeiros da Nazaré explicou que o casal estava com mais três amigos na praia mas não estavam a tomar banho, "chegaram-se mais à borda de água e o remoinho puxou-os", disse, adiantando que a mulher foi "a primeira a ser arrastada" e o marido foi em seu socorro "mas também já não conseguiu voltar para terra".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG