Número de mulheres assassinadas este ano sobe para 22

No que levamos de ano, 22 mulheres foram mortas por um homem com quem tinham ou tiveram uma relação.

Amélia, morta no sábado, em Alhos Vedros, Moita, esfaqueada pelo marido de 60 anos e Alzira, asfixiada pelo marido também no sábado juntam-se a outros 20 casos de mulheres que figuram na lista do Observatório de Mulheres Assassinadas, um grupo de trabalho da organização feminista UMAR que contabiliza através das notícias que saem na imprensa o número de mulheres vítimas das pessoas com quem tinham ou tiveram uma relação, de acordo com o Público.

Em 2012, em Julho, o grupo contabilizava 20 casos e fechou o ano com 40.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG