Novas reformas arriscam corte de 10% em 2014

Futuras pensões arriscam redução que é quase o dobro da que estava programada, por via do factor de sustentabilidade.

O "Jornal de Negócios" escreve hoje que "quem se reformar em 2014 arrisca-se a um corte de 10% no valor da pensão de reforma. Na origem desta redução está o factor de sustentabilidade que o Executivo liderado por Passos Coelho pretende alterar a partir do próximo ano. O agravamento deste factor é uma das várias medidas que o Governo planeia aplicar ao universo dos futuros reformados e irá elevar a idade de aposentação para os 66 anos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG