Mulher impedida de usar esperma de namorado morto

O Conselho Nacional de procriação Medicamente Assistida não atutorizou o pedido.

De acordo com o jornal "Público", uma mulher quis engravidar de um namorado que morreu num acidente de viação. Os sogros opuseram-se e o Conselho Nacional de procriação Medicamente Assistida negou o pedido.

O casal já tinha planos de o fazer antes de o homem morrer num acidente. Mas como ambos viviam em união de facto, a lei não o permite. Se fossem casados o pedido poderia ser aceite.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG