Morte de bebé suspende lotes de vacinas

Um bebé de seis meses morreu anteontem na creche em Camarate, Loures. Como tinha sido vacinado recentemente, o Infarmed decretou "por precaução" a suspensão dos dois lotes usados das vacinas, escreve o Jornal de Notícias.

O menino foi socorrido pelo INEM, que o tentou reanimar, sem êxit, segundo o Jornal de Notícias.

As duas vacinas não fazem parte do Plano Nacional de Vacinação, nem são comparticipadas, mas são amplamente prescritas pelos pediatras, diz o jornal. A RotaTeq imuniza contra o rotavírus, uma das causas de gastroenterite. A Prevenar 13 está indicafa para prevenir a meinigite ou septicemia.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG