Ministra gera ma-estar no Banco de Portugal por causa da crise no BES

Maria Luís Albuquerque considerou António Varela a pessoa indicada para liderar o departamento de supervisão, palavras que estão a ser interpretadas no banco central como sinal de insatisfação.

O ambiente no Banco de Portugal ficou ao rubro depois do discurso proferido na quarta-feira pela ministra da Finanças na tomada de posse dos nvos administradores da instituição liderada por Carlos Costa. Maria Luís Albuquerque consideou António Varela a pessoa indicada para liderar o departamento de supervisão, palavras que, segundo o jornal Público, estão a ser interpretadas como um sinal de que se encontra insatisfeita com o papel desempenhado pelo BVdP no dossier Banco Espírito Santo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG