Médicos do norte rompem com o Ministério

Os médicos não aceitam a "lei da rolha" prevista na proposta de código de ética, que está a ser preparada pelo Ministério da Saúde, e preparam-se para romper todas as colaborações com a tutela.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "o Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos vai colocar a discussão e votação na próxima reunião do Conselho Nacional Executivo (presidido pelo bastonário), dia 29, um conjunto de propostas que visam suspender as relações com o Ministério da Saúde. E já está a preparar uma alternativa, em conjunto com os sindicatos dos médicos, que pode levar a mais uma greve. É a resposta ao código de ética que está a ser redigido pela tutela e que, entre outros pontos polémicos, obriga os profissionais de saúde a guardar "sigilo absoluto" em relação ao exterior de toda a informação que possa afetar ou colocar em causa a imagem da instituição".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG