Juros da dívida acima dos 7% fazem temer novo resgate

Com a troika de novo em Portugal, juros tornam mais difícil o cenário de regresso aos mercados.

O "Público" escreve hoje que "ao mesmo tempo que o Governo começa a discutir com a troika a forma como Portugal poderá finalizar o atual resgate, os mercados continuam a dar sinais de que podem vir a não estar dispostos a financiar o país a taxas de juro sustentáveis já a partir do próximo ano, empurrando Portugal para um segundo resgate. Ontem deu-se início às oitava e nona avaliações da troika ao programa português, que continuará hoje com o encontro entre os responsáveis da Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu e os parceiros sociais. Para Portugal, estas duas avaliações (feitas em simultâneo devido ao atraso registado na avaliação anterior) serão decisivas para começar a preparar aquilo que irá acontecer a partir de junho de 2014, quando o atual programa chegar ao fim".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG